Navegaçãoo rápida por teclas de atalho.

Há 3 teclas de atalho codificadas em todas as páginas, as quais permitem saltar directamente para um dos 3 elementos seguintes. Caso o elemento não exista na página a tecla de atalho não estará disponí­vel.

APD no Facebook


A 7Log - Sistemas de Informação, Lda., no âmbito da sua politica de responsabilidade social, estabeleceu um protocolo de colaboração com a APD que lhe permite apoiar financeiramente esta instituição. Junte-se a nós nesta causa. Com a aquisição de um dos produtos ou serviços nas áreas indicadas contribua com uma percentagem directamente para a APD.
Entrada
Corpo da página (ALT + 2)
Em defesa da Escola Pública
Entrada

A Presidente da Associação Portuguesa de Deficientes discursou na Marcha
“Em defesa da Escola Pública”, no dia 18 de Junho.

 

 
Comissão sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência

 Observações finais sobre o relatório inicial de Portugal
A Comissão examinou o relatório inicial de Portugal (CRPD/C/PRT/1), nas suas sessões 233 e 234, realizadas nos dias 29 e 30 de Março de 2016 respectivamente, e aprovou na sua 251ª sessão, realizada em 11 de Abril de 2016, as seguintes observações finais:

          icon Observações finais sobre o relatório inicial de Portugal

 

 
Em defesa da Escola Pública
Entrada

Participação da APD na Tribuna Pública em Lisboa “em defesa da escola pública”

Escola Pública marca presença na rua em 18 de junho

A Escola Pública é promotora de igualdade de oportunidades, daí a Constituição da República Portuguesa atribuir ao Estado o dever de promover uma rede de estabelecimentos públicos que satisfaça as necessidades de toda a população.

Apesar das limitações impostas por motivos de vária ordem, no essencial, a Escola Pública tem cumprido a sua missão reconhecendo-se nela uma resposta de qualidade e para todos, fruto do esforço dos seus profissionais, de pais e encarregados de educação, de autarcas e de todos os que acreditam ser a Escola Pública motor de progresso e de construção de um futuro mais democrático e solidário.

Num momento tão importante como o que vivemos na Educação, torna-se ainda mais importante afirmar a Escola Pública e, simultaneamente, rejeitar a ideia de que público e privado poderão ser uma e a mesma coisa. No respeito por todas as respostas educativas, públicas e privadas têm natureza diferente e como tal deverão ser respeitadas. Quanto a financiamento, ao Estado compete garantir o que seja adequado à Escola Pública, contratualizando com privados apenas nos casos em que há insuficiência de resposta pública.

É neste quadro de afirmação de uma Escola Pública de qualidade e democrática que no próximo dia 18 de Junho, um sábado, em Lisboa, a Escola Pública sai à rua. Cidadãos e cidadãs promotores de uma Petição que já reúne dezenas de milhar de assinaturas, organizações e entidades diversas da sociedade portuguesa promovem a iniciativa cujos contornos serão oportunamente divulgados. A concentração de quantos pretendem assumir publicamente a defesa da Escola Pública terá lugar no Parque Eduardo VII, a partir das 14.30 horas do já referido dia 18 de junho.).

Os promotores

 
Prémio Dignitas 2015 - 8ª Edição


Entrega do Prémio Dignitas

A Associação Portuguesa de Deficientes, com o patrocínio da MSD e o apoio da Escola Superior de Comunicação Social, realizou no dia  3 de Maio de 2016, no Novo Auditório da Assembleia da Républica a entrega de prémios referente à  8ª edição do Prémio Dignitas, distinguindo os seguintes trabalhos publicados pela Comunicação Social durante o ano de 2015:

Prémio - Televisão e Prémio Dignitas:
"Impossivel é só um exagero para difícil"
Jornalista Miriam Alves - SIC
 

Menção Honrosa Televisão:
"Corpo Sentido"
Jornalista Mafalda Gameiro - RTP

Prémio - Imprensa:
"Semear a mudança"
Jornalista Cláudia Pinto - Noticias Magazine (Diário de Noticias)


Prémio - Rádio:
"O extraordinário mundo de Irina"
Jornalista Pedro Mesquita - Rádio Renascença

Prémio - Jornalismo Digital:
"O que é isso da Vida Independente"
Jornalista Vera Moutinho - Jornal Público

Prémio - Jornalismo Universitário:
"A Genética do Amor"
Estudante Tomás Albino Gomes  - Escola Superior de Comunicação Social

 
CP - deslocações em comboio
Divulgação

A CP disponibiliza no seu site CP-Comboios de Portugal um apoio a pessoas com necessidades especiais, entre elas:

  • Destinos
  • Preços
  • Horários
  • Tipos de Comboio

Principais alterações para CNE (Cliente c/necessidades Especiais) que pretenda embarcar e desembarcar sem utilização de cadeira de rodas poderá utilizao o SIM (Serviço Integrado de Mobilidade)

  • O SIM é prestado em todas as estações e comboios
  • O SIM deve ser pedido com, pelo menos, 12h de antecedência
  • O CNE deve conseguir chegar à plataforma de embarque e sair da plataforma de desembarque por meios próprios
  • Os pedidos SIM recebidos no período compreendido entre as 21h30 e as 07h00 serão respondidos a partir das 7h

Mais esclarecimento no site da CP na àrea de Clientes Com Necessidades Especiais
(poderá não correr em Internet Explorer versão 8, aconselhamos a plataforma Google )

 
XV Torneio Internacional em Cadeira de Rodas
Desporto

Realizou-se nos dia 10 e 11 de Outubro no Pavilhão Municipal Manuel Castelbranco, o 15º Torneio Internacional de Basquetebol em Cadeiras de Rodas.

Para o 1º lugar do torneio, assistiu-se a um jogo emocionante entre as duas melhores formações a Seleção Nacional e a equipa Espanhola Mideba de Badajoz que, só foi derrotada nos  segundos finais por um ataque rápido da Seleção Nacional que, concretizou o cesto da vitória mesmo em cima do apito final.

Nos restantes lugares a equipa da APD Leiria conseguiu o 3º lugar ficando a APD Lisboa em 4º lugar.

  

Alguns momento do torneio, vistos pela fotografa Sandrina Cardoso.

O basquetebol em cadeira de rodas, visto pela objectiva da fotojornalista Mariana Fernandes.

Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 Seguinte > Final >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

Revista Plural & Singular