Desfile de 25 de Abril de 2017

 

A presidente da Direção Nacional da Associação,
Gisela Valente

16 de Julho de 2021

Caros associados, membros do movimento associativo e sociedade em geral,

“Neste ato de tomada de posse dos corpos sociais, afirmo que me sinto muito honrada por integrar esta equipa e que tenho consciência de que a APD tem um património de ação e de prestígio que resulta daquelas que fundaram esta Associação e das sucessivas direções que tem afirmado a importância da nossa luta pelos nossos direitos.  

Quero em nome da direção deixar:

  • Uma saudação aos dirigentes - aos homens e mulheres - que integram os corpos sociais das diversas delegações, porque também a sua ação será fundamental para o próximo mandato;
  • Uma saudação aos trabalhadores da APD, pela dedicação à Associação;
  • Uma saudação aos sócios pela confiança no trabalho da APD. 

A APD tem travado lutas difíceis, com muitos obstáculos, no entanto com muitos objetivos alcançados.

Sabemos, que os próximos tempos não vão ser fáceis, porque a vida das pessoas com deficiência e das suas organizações o não é, nem vai ser, mas cá estamos!

Agradeço a confiança depositada no nosso programa eleitoral e tudo faremos para a união, e para a participação de todos na concretização dos objetivos a que nos propomos para este mandato, porque juntos fazemos ouvir melhor a nossa voz e temos mais força!  

Sobre o mote do nosso programa A União e Ação rumo à inclusão! Tenho a dizer-vos que neste momento em pleno séc. XXI, já não deveríamos estar a referir-nos à inclusão, pois somos pessoas com direitos como todas as outras, aliás como está consagrado na nossa Constituição da República. No entanto, sabemos que a segregação, integração e inclusão, são palavras que nos têm diferenciado dos demais e, é isso que não queremos!

Portanto, temos que nos a unir e agir para estarmos em pé de igualdade com os demais portugueses. 

Termino, dizendo-vos que poderão contar comigo, para em equipa levarmos a cabo esta jornada de trabalho na APD.

Muito obrigada!

A Presidente
Gisela Valente

 

 

 

 

RGPD - Regulamento Geral de Proteção de Dados

 

De acordo com o Regulamento Geral de Proteção de Dados, os dados recebidos através das páginas web, serão processados informaticamente e a sua utilização destina-se exclusivamente para uso interno para responder às questões e formalizar diligências junto das entidades responsáveis. O utilizador deve ter conhecimento de que os dados inscritos irão circular numa rede aberta até ao seu registo na Base de Dados, podendo ser intercetados por terceiros. Aos utilizadores é garantido o acesso aos dados para eventual correção ou eliminação. 

A Associação Portuguesa de Deficientes não fornecerá os dados pessoais a entidades terceiras, e só em situações de necessidade de identificação para resolução das suas questões, haverá uma comunicação prévia solicitando a sua autorização para fornecer os seus dados a entidades terceiras, nomeadamente Câmaras, Hospitais, e Instituições Públicas, pelo que, a sua utilização pressupõe o conhecimento e aceitação destas condições.

 

Poderá consultar mais informações sobre o Regulamento (UE) 2016/679 do Parlamento Europeu e do Conselho de 27 de abril de 2016 e a sua aplicação em https://www.cnpd.pt/bin/rgpd/rgpd.htm 

 

Saiba mais sobre a nossa política de privacidade aqui.