Desfile de 25 de Abril de 2017

 

OCEANÁRIO DE LISBOA REABRE PORTAS

O OCEANÁRIO DE LISBOA FAZ 22 ANOS E ESTÁ ABERTO COM MEDIDAS DE SEGURANÇA QUE GARANTEM UMA VISITA SEGURA
DAS VÁRIAS MEDIDAS IMPLEMENTADAS, DESTACAM-SE:

* Redução do número de visitantes em simultâneo

* O uso de máscara é obrigatório durante a visita e será assegurado gratuitamente aos visitantes

* Realização de ações frequentes de higienização dos espaços

* Reforço de dispensadores de gel desinfetante para uso dos visitantes

* Pagamento de bilhetes exclusivamente por meios automáticos 

- Visitas guiadas para surdos 

- Visitas guiadas para cegos

A prioridade é a sua segurança e bem-estar. Como tal todas as exposições estão abertas e com medidas que asseguram o distanciamento

ainda necessário.

O Oceanário foi reconhecido com o selo "Clean and Safe" que o Turismo de Portugal atribui às entidades que cumprem as recomendações da

Direção-Geral da Saúde para evitar a contaminação dos espaços. 

O horário será reduzido temporariamente. Assim a abertura é às 10h e o encerramento às 18h com a ultima entrada às 17h.

O Oceanário de Lisboa prossegue a sua missão de promover o conhecimento do oceano e contribuir para a sua conservação.

Para mais informações contactar:
Oceanário de Lisboa
Esplanada D. Carlos I 
1990-005 LISBOA 
Portugal

Tel: (+351) 218 917 022 Fax: (+351) 218 917 001

 

 

 

 

RGPD - Regulamento Geral de Proteção de Dados

 

De acordo com o Regulamento Geral de Proteção de Dados, os dados recebidos através das páginas web, serão processados informaticamente e a sua utilização destina-se exclusivamente para uso interno para responder às questões e formalizar diligências junto das entidades responsáveis. O utilizador deve ter conhecimento de que os dados inscritos irão circular numa rede aberta até ao seu registo na Base de Dados, podendo ser intercetados por terceiros. Aos utilizadores é garantido o acesso aos dados para eventual correção ou eliminação. 

A Associação Portuguesa de Deficientes não fornecerá os dados pessoais a entidades terceiras, e só em situações de necessidade de identificação para resolução das suas questões, haverá uma comunicação prévia solicitando a sua autorização para fornecer os seus dados a entidades terceiras, nomeadamente Câmaras, Hospitais, e Instituições Públicas, pelo que, a sua utilização pressupõe o conhecimento e aceitação destas condições.

 

Poderá consultar mais informações sobre o Regulamento (UE) 2016/679 do Parlamento Europeu e do Conselho de 27 de abril de 2016 e a sua aplicação em https://www.cnpd.pt/bin/rgpd/rgpd.htm 

 

Saiba mais sobre a nossa política de privacidade aqui.